SANTA DO DIA: SANTA MARTINHA

SANTA DO DIA: SANTA MARTINHA

Martinha nasceu no início do século III, em Roma, proveniente de uma família nobre, rica e cristã. Seu pai, foi eleito 3x cônsul de Roma. 

O nascimento da menina foi espalhado por toda a cidade, uma vez que foi batizada muito cedo.

A Santa tinha a característica de ser muito caridosa, alegre e fiel ao amor de Jesus. Nunca deixou que a sua popularidade, influenciasse no seu modo de viver. Pelo contrário, quando ficou órfã, decidiu doar toda sua herança material aos mais necessitados. Também decidiu investir em sua espiritualidade, tornando-se diácona da Igreja de Roma, exercendo sempre seu trabalho com humildade e disciplina. 

Martinha foi condenada junto com muitos outros cristãos que haviam sido presos e perseguidos pelo imperador Alexandre Severo. Este, ao ver a Santa no meio do grupo, tentou fazê-la com que se afastasse de sua fé, porém ela negou e exigiu ter o mesmo fim dos companheiros. 

Então, o imperador mandou que fosse açoitada, mas a pureza e força de sua oração, antes de ser executada, fez com que os carrascos fossem tocados e desistissem de a flagelar. Logo em seguida, ao ser jogada às feras, não foi atacada pelos leões. Também não foi atingida pelas chamas da fogueira. Martinha foi decapitada e, no mesmo momento, houve um forte terremoto em Roma. Tal terremoto e prodígios durante suas torturas geraram muitas conversões.

Santa Martinha, rogai por nós!