SANTO DO DIA: SANTO SILVESTRE

SANTO DO DIA: SANTO SILVESTRE

Silvestre nasceu em Roma, filho de Justa. 

O Santo, desde cedo, foi educado e instruído pelo presbítero Ciriano, que lhe ensinou a praticar a hospitalidade. Por essa razão, o Santo foi o único que aceitou acolher Timóteo, um cristão que estava sendo perseguido.  

Timóteo permaneceu na casa de Silvestre por 1 ano e 3 meses até ser morto martirizado por proclamar sua fé em Cristo. Pensando Timóteo ser rico e possuir muitos bens, Silvestre foi ameaçado pelo prefeito Tarquínio para que lhe entregasse tudo o que era de seu amigo. Ao descobrir que Timóteo nada possuia, mandou que o Santo sacrificasse aos ídolos. Silvestre negou e lhe disse: “Insensato, você morrerá esta noite, depois sofrerá tormentos eternos e assim, quer queira, quer não, reconhecerá o verdadeiro Deus que adoramos”.

Silvestre foi preso e, naquela mesma noite, Tarquínio se engasgou com uma espinha de peixe que não conseguiu nem expelir nem engolir, morrendo a meia-noite. O Santo Silvestre, amado por todos, foi solto.

Cessaram, então, as perseguições contra a Igreja e, com a conversão do imperador Constantino, o Cristianismo se expandiu.

Em 314, Silvestre I foi nomeado Papa da Igreja, estruturando-a como uma organização eclesiástica duradoura, além de passar por grandes dificuldades.

O Imperador ajudou a manter a paz durante o cisma na África e, também, em 325, quando foi orientado a ser o autor da convocação do Concílio de Nicéia, o primeiro da Igreja.

Nesse período, o papa Silvestre I já possuia idade avançada e, por isso, mandou o bispo Ósio, de Córdoba, e 2 sacerdotes assessores, como seus representantes. 

O papa também foi responsável pela construção da basílica de São Pedro, da Basílica de São Paulo Extra-Muro e também a dedicada a São João, em Roma.

O imperador Constantino cedeu seu próprio palácio Lateralense, para servir de moradia para os papas, além de doar para a Igreja toda a cidade de Roma e algumas outras vizinhas. Tudo isso por causa da grande admiração pelo trabalho do papa Silvestre I.

Papa São Silvestre I morreu em 335, após governar a igreja por 21 anos. 

São Silvestre I, rogai por nós!