SANTO DO DIA: SANTO ESTEVÃO

SANTO DO DIA: SANTO ESTEVÃO

Depois de Jesus subir aos céus e da festa de Pentecostes, onde o Espírito Santo desceu sobre Maria e os apóstolos no templo, estes começaram a se espalhar e começar a anunciar a Palavra de Deus. Porém, isso não agradou muitos e começaram, então, a surgir humilhações e perseguições. 

Com o surgimento das primeiras comunidades cristãs, que viviam e praticavam a caridade, fraternidade, partilhando tudo entre eles, também surgiram os primeiros diáconos. Estes eram aqueles que prestavam serviços de assitência diária a toda comunidade. 

Entre eles, o jovem Estêvão era considerado o líder dos mártires. Além de administrar os bens comuns e anunciar a Boa Nova, foi canal de Deus para a realização de vários milagres no meio do povo. 

Certo dia, foi capturado pelos judeus e levado ao tribunal. Foi acusado falsamente por estes, que afirmavam que o Santo afirmava que Jesus ia destruir o templo e a acabar com as leis de Moisés.

Estevão, repleto e guiado pelo Espírito Santo, se auto-defendeu ao resumir a história hebraica de Abraão até Salomão e afirmou não ter falado contra Deus, nem contra Moisés, nem contra a Lei, nem fora do Templo. Estevão, ainda, demonstrou que Deus se revelava fora do Templo.

Seus adversários, por sua vez, além de não o deixarem terminar sua defesa, colocaram-se contra ele, expulsaram-o da cidade e apedrejaram-o.

Enquanto era apedrejado, ajoelhado, começou a repetir as mesmas palavras que Cristo pronunciara sobre a Cruz: “Senhor, não os condenes por causa deste pecado.”

 

Após a morte do Santo, intensificaram as perseguições aos cristãos, que começaram a se dispersar por toda a Judéia, seguindo o ensinamento de Jesus “Se forem perseguidos numa cidade, fujam para outra”.

 

Santo Estevão, rogai por nós!