Saiba mais


NOSSA HISTÓRIA
A Comunidade Olhar Misericordioso surgiu a partir de experiências espirituais vividas por seu Fundador, Padre Alexandre Paciolli, sacerdote Católico Apostólico Romano, ordenado em Roma em janeiro de 2001.

Desde que retornou à cidade do Rio de Janeiro em 2011 para exercer suas atividades sacerdotais, Padre Alexandre sentia cada vez mais forte o chamado de Deus para reunir pessoas em torno de um amor que mergulha e experimenta a imensidão da misericórdia divina a partir dos olhos de Nossa Senhora.

A inspiração para formar uma Comunidade se abrasava em seu coração e em março de 2015, inicialmente com o nome Éfeta, um pequeno grupo, a convite do Padre Alexandre, deu início a uma Comunidade. Mas, Deus seguia colocando pessoas ao seu redor e, providencialmente, vários se aproximavam dele desejosos de possuir e expressar um olhar misericordioso, reflexo do olhar do próprio Cristo para as mais diversas realidades humanas.

Além de experiências e vivências pessoais, as partilhas e os testemunhos de seus filhos espirituais confirmavam o desejo do Espírito Santo de que uma nova comunidade se formasse, e muitos se uniam ao ideal do Padre Alexandre mesmo sem saber aquilo que Nosso Senhor já lhe pedia e inspirava.

A Comunidade Olhar Misericordioso, com sede na cidade do Rio de Janeiro, foi carinhosamente acolhida por seu Arcebispo, Cardeal Orani Tempesta. Seus membros encontram-se em diversas cidades do país e se colocam à disposição da Igreja, através dos Bispos, na tarefa de servir e defender Sacerdotes, Religiosos e a Família através das Obras de Misericórdia, missão de todo cristão, mas particularmente, dos membros que participam desta Comunidade.

A Bula Papal de Proclamação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia - Misericordiae Vultus, de 11 de abril de 2015, escrita pelo Papa Francisco, confirmou a missão e o carisma da comunidade especialmente quando o Santo Papa convida, ao final desta Bula, a que todos os católicos do mundo vivam as Obras de Misericórdia.

Tal como no Cenáculo onde Maria e os apóstolos se encontravam e perseveravam em oração, os membros da Comunidade Olhar Misericordioso reúnem-se semanalmente para crescer na fé e no amor fraterno. Sob o olhar e a proteção da Virgem Maria, partilham suas experiências e clamam ao Espírito Santo as virtudes e os dons necessários para que possam executar as obras nessa missão que Deus lhes confiou. Os encontros semanais de oração, formação e partilha são chamados Cenáculos, pois desde Maria os membros rezam, se fortalecem, se formam e vão a Jesus.

NOME, LEMA E CARISMA
O primeiro pedido do Fundador àqueles que inicialmente o acompanhavam foi que colocassem em oração a escolha de um nome que melhor identificasse e expressasse o carisma da comunidade. Na Semana Santa de 2015, a partir de uma experiência espiritual concedida ao Padre Alexandre, houve a escolha e a definição do nome e a Comunidade passou a chamar-se “Comunidade Olhar Misericordioso” (COM).

A escolha do nome aconteceu enquanto em oração Padre Alexandre contemplava o rosto de Nossa Senhora. E lhe veio ao coração a imagem de duas lágrimas que corriam dos olhos de Maria Santíssima. No discernimento desta imagem, Padre Alexandre entendeu que uma das lágrimas representava o sofrimento de Nossa Senhora pelos sacerdotes que se perdem em sua vocação, e a outra lágrima representava o sofrimento de Maria pelas famílias que passam por tantas necessidades e divisões.

O Lema da Comunidade Olhar Misericordioso é “Tudo por Jesus, nada sem Maria” e as virtudes-rainha a serem seguidas por seus membros são a mansidão, a humildade e o zelo apostólico por meio das quais os membros poderão vivenciar e experimentar a misericórdia também em suas vidas.

SÍMBOLO DA COMUNIDADE

Definido o nome, uma imagem deveria representar a missão inspirada à Comunidade. As imagens de Nossa Senhora de Guadalupe e Jesus Misericordioso foram as escolhidas pelo Fundador, pois expressam e identificam o carisma e o lema da Comunidade: a Misericórdia de Jesus por meio de Maria.

GUADALUPE

A imagem de Nossa Senhora de Guadalupe foi escolhida em razão da devoção do Fundador para com esta representação de Maria Santíssima.

Padre Alexandre nasceu no dia 12 de dezembro, dia em que a Igreja celebra a Festa de Nossa Senhora de Guadalupe, Padroeira das Américas. Forte presença de Nossa Senhora de Guadalupe em sua vida e em sua vocação, fez Dela sua Nossa Senhora de especial devoção.

Esta figura de Nossa Senhora compõe o símbolo da COM por tudo que a Virgem de Guadalupe representa para a Comunidade, os sinais de sua presença na vida do Fundador e a importância do seu olhar misericordioso para a definição de seu carisma. E para que dúvidas não restem de que o olhar misericordioso de Maria se acha voltado para todos os seus filhos, há quase cinco séculos Nossa Senhora de Guadalupe deixou o retrato de seu amor maternal estampado na imagem que milagrosamente foi pintada no manto do índio Juan Diego.

Comprovado cientificamente, a estampa de Guadalupe mostra que na pupila de seus olhos estão gravadas 13 figuras que revelam as mensagens da Virgem de Guadalupe que se dirige a toda a humanidade, posto que, diante de Deus, os homens e as mulheres de todas as raças são iguais. Dentre as imagens reveladas de sua pupila, há a figura de Juan Diego e a presença de uma família, deixando a certeza de que Nossa Senhora de Guadalupe tem a família no centro do seu olhar compassivo e misericordioso. Sua imagem bem representa e confirma o carisma da Comunidade, que zela pela unidade familiar e que deseja que as famílias se aproximem de Deus.

JESUS MISERICORDIOSO

A figura de Jesus Misericordioso também compõe o símbolo da Comunidade, pois retrata a Misericórdia de Deus que chega até os homens por Jesus Misericordioso. Foi através desta imagem que Jesus pediu a Santa Faustina Kowalska que a sua Misericórdia fosse venerada. Esta imagem representa Cristo ressuscitado trazendo aos homens a paz através da remissão dos pecados pelo preço de Sua Paixão e Morte na Cruz.

No Diário de Santa Faustina encontramos uma das mensagens de Jesus à Santa:

(47) “Pinta uma Imagem de acordo com o modelo que estás vendo, com a inscrição: Jesus, eu confio em Vós. Desejo que esta Imagem seja venerada primeiramente na vossa capela e depois no mundo inteiro.”

(88) “Desejo que, no primeiro domingo depois da Páscoa, a Imagem seja exposta publicamente. Esse domingo é a Festa da Misericórdia. Pelo Verbo Encarnado dou a conhecer o abismo da Minha Misericórdia.”

Os raios, vermelho e pálido, que na imagem brotam do Coração de Jesus, representam o sague e a água que jorraram de Seu coração quando perfurado pela lança. O raio vermelho simboliza o sangue de Jesus e através dele a salvação do homem, é a representação da vida das almas. O raio pálido representa a água viva, o Espírito Santo, que purifica o homem do pecado e justifica as almas. É possível assim, expressar o amor de Deus para com o homem.

Dessa forma, na devoção à Misericórdia Divina e a Virgem de Guadalupe, a Comunidade Olhar Misericordioso pretende ser uma porção do olhar de Maria na Igreja e no mundo por meio do serviço e defesa dos sacerdotes, religiosos e da Família através das obras de misericórdia.


TOTUS TUUS!

  • “Tudo por Jesus, nada sem Maria”